20 de out de 2011


É tão difícil acreditar que o que é belo
e fraco
insiste nas coisas?
Para que entenda,
pense no belo como o pensamento,
tome o fraco por mal
e as coisas, por fim,
dê por sangue, e misture aos meus,
correndo pelo meu derramado corpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog